Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Semana das Modalidades

por Miguel Martins, em 29.01.16

 

 

A nossa equipa de Basquetebol, comandada por Carlos Lisboa, conseguiu no Sábado mais uma vitória, desta vez na deslocação à Madeira, onde por 69-88 venceram o CAB Madeira.

 

Com uma entrada forte, o Benfica obteu logo uma vantagem confortável no final do 1º período, vencendo por 13-27. No segundo e terceiro períodos, o jogo foi mais equilibrado, mas com o Benfica a conseguir gerir a vantagem. No 4º período, disparámos novamente no marcador.

 

Os pontos foram apontados por: Cook (25), Radic (17), Tomás Barroso (15), Carlos Andrade (10), Nuno Oliveira (9), Wilson (6), Gentry (4) e Loncovic (2).

 

Destaque para a exibição de Cook que parece voltar a exibir-se a um nível mais próximo do que tem obrigação de fazer. Grande jogo de Tomás Barroso.

 

Sábado, recebemos o Lusitânia às 16h.


 

 

Em Hóquei em Patins tivemos uma difícil e imprópria para cardíacos deslocação a Oliveira de Azeméis, tendo conseguido um empate com sabor a vitória, tanto pela forma como foi obtido como pela exibição que fizemos.

 

Entrámos mal no jogo e as situações de golo para a Oliveirense acumulavam-se, tendo sem qualquer tipo de surpresa a equipa da casa se adiantado no marcador por 1-0 e depois por 2-0. Pedro Nunes mexeu e bem na equipa, colocando Tiago Rafael que trouxe mais serenidade defensiva, ao contrário do seu irmão Diogo que fez uma exibição horrorosa.

 

Num rápido contra ataque, o Benfica reduziu para 2-1 por intermédio de Nicolia, tendo no minuto seguinte beneficiado de um livre direto que Nicolia falhou. Ainda no mesmo minuto, Tiago Rafael viu o cartão azul e a Oliveirense beneficiou de um livre direto que não concretizou - mesmo tendo sido repetido. Ainda assim e mesmo com menos um jogador, o Benfica conseguiu o empate numa brilhante execução de um livre direto de Adroher. Foi com este resultado lisonjeiro para o Benfica que chegámos ao intervalo.

 

No retomar da partida o Benfica entrou melhor, mas contra a corrente do jogo a Oliveirense fez o 3-2 e o 4-2, dispondo ainda de diversas oportunidades e de bolas no ferro para dilatar ainda mais a diferença. O Benfica estava mal no jogo, tanto a defender como a atacar e Pedro Nunes incompreensivelmente não mexia na equipa!

 

Ainda assim, Torra reduziu para 4-3 na transformação de uma grande penalidade e aí a esperança renasceu - apesar da má exibição e falta de criatividade da equipa.

 

O tempo foi-se arrastando e no último minuto numa decisão muito controversa, o árbitro marcou a 10ª falta ao Benfica, quando deveria ter marcado a 15ª falta da Oliveirense. Dispôs desta forma a Oliveirense de uma oportunidade para arrumar definitivamente com o jogo, mas Trabal brilhou e manteve a equipa no jogo. A 2 segundos do fim, Pedro Nunos tirou Trabal e colocou Miguel Rocha que, sem luvas, numa forte stickada fez o 4-4 final, levando à loucura os adeptos presentes.

 

O João Rodrigues faz muita falta, mas o Benfica tem obrigação de jogar mais. Pedro Nunes tem obrigação de rodar mais a equipa.

 

Mantivemos a liderança, agora com 7 pontos de avanço para o segundo e conseguimos dar mais um passo rumo ao título.

 

Uma palavra especial para Carlitos López que continua um jogador brutal, mas que mantém toda a simpatia e simplicidade. Uma referência para todos os amantes da modalidade e em especial dos Benfiquistas que tanto vibraram com ele.

 

Sábado, vamos a Braga, num jogo com início marcado para as 17h.


 

 

Os homens de José Jardim - Voleibol  - receberam e bateram no Sábado o Esmoriz por 3-1 num jogo sólido, pese o 2º set ter sido mau. Os parciais foram 25-15, 21-25, 25-16 e 25-16.

 

Não há muito a dizer sobre este jogo, excetuando o 2º set que perdemos devido a algum relaxamento, mas o Benfica foi sempre mais equipa e venceu com toda a naturalidade.

 

 

Ontem, voltámos a fazer história na Challenge ao batermos o Istambul por 4-0, com parciais de 25-18, 25-21, 25-19 e 15-13 no Golden Set.

 

Depois da derrota por 3-1 na primeira mão e frente a uma equipa de grande nível, só um Benfica perfeito seria capaz de virar completamente a eliminatória. Expressar por palavras o que lograram obter é muito difícil, porque acho que ainda nem temos bem noção do que acabámos de fazer.

 

O Istambul é uma equipa com um serviço poderosíssimo e se na primeira mão conseguiram fazer a diferença por aí, ontem não. E não o conseguiram porque tivemos um libero absolutamente fabuloso - Ivo Casas - que conseguiu receber sempre bem, facilitando e muito a distribuição a Renan.

 

Depois, a raça do Roberto, a liderança do Hugo, a frieza do Kolev, a tranquilidade do Zelão e do Duff e a distribuição do Renan fizeram o resto.

 

Uma palavra ainda para o nosso técnico que acompanha todo o jogo na lateral como se fosse mais um jogador na quadra. Ele salta, corre, baixa-se, festeja, sorri, dá ânimo, acalma a equipa. Enfim, José Jardim é Benfica!

 

E sabendo que é difícil, mas não impossível, porque com estes jogadores não há impossíveis, tragam lá a Taça.

 

Sábado, vamos a Guimarães jogar às 16h30 e Domingo às Caldas da Rainha às 17h.


 

 

No Sábado, a nossa equipa de andebol foi à Madeira e bateu o Madeira SAD por 28-31. Num jogo equilibrado, o Benfica venceu fruto de uma segunda parte bem melhor do que a primeira, pois ao intervalo íamos perdendo por 18-16.

 

Foi uma vitória muito importante para conseguirmos assegurar o 2º lugar da fase regular.

 

Os golos foram apontados por: Uelington (6), João Pais (6), Davide Carvalho (4), Belone (4), Tiago Pereira (3), Borragán (2), Hugo Lima (2), Tiago Ferro (2), Cavalcanti (1) e Augusto Aranda (1)

 

Destaque para a exibição de Mitrevski que mostrou as credenciais que levaram o Benfica a partir para a sua contratação.

 

 

Ontem, o Benfica recebeu e bateu ontem o Sp. da Horta por 38-27.

 

Entrámos mal, com uma defesa muito passiva, um ataque previsível e com falhas técnicas durante os primeiros 15 minutos, onde durante esse tempo o Sporting da Horta conseguiu equilibrar o jogo. No entanto, após termos passado a assumir a liderança no marcador, estabilizámos e nunca mais tivemos grandes problemas durante o jogo. Ao intervalo já íamos vencendo por 18-15.

 

Na segunda parte fomos gerindo o jogo e rodando a equipa, pois Sábado voltamos a jogar, desta vez para a Taça de Portugal frente ao Benavente às 18h.

 

Os golos foram marcados por: Belone Moreira (6), João Pais (6), Davide Carvalho (5), Tiago Pereira (4), Uelington (4), Alexandre Cavalcanti (3), Borragán (3), Vrgoc (3), Ales Silva (2), Tiago Ferro (1) e Augusto Aranda (1).

 

Destaque para as boas exibições dos nossos pontas que tanto têm sido criticados - João Pais e Davide Carvalho - e para a eficácia de Mitrevski que voltou a exibir-se a bom nível.


 

Realce ainda para o que foi conquistado no Atletismo este fim-de-semana.

 

O Benfica sagrou-se no Sábado Tetracampeão Masculino de estrada e Tricampeão em Femininos. Um feito brutal. Se em Femininos éramos favoritos, o mesmo já não pode ser dito na variante masculina, onde contávamos com diversas ausências de peso. Estão de Parabéns!!

 

E porque o Benfica é mais do que futebol, tudo aos pavilhões!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:24


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D