Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Maxi(mizar) o final de carreira

por R_9, em 18.06.15

 

Depois de estar resolvida a questão do treinador, há outro tema que tem dominado a atenção dos Benfiquistas nestas últimas semanas - o processo de renovação de Maxi Pereira. O lateral uruguaio é visto como um jogador à Benfica, que deixa a pele em campo, adorado pela massa adepta, mas está a poucos dias de acabar contrato com o Bicampeão Nacional e ainda não há nenhuma certeza se fica ou se sai.

 

Esta é uma questão que já deveria estar resolvida há algum tempo, ou para renovar ou para se procurar um substituto. Ao que parece, o interesse na renovação sempre foi mútuo e até Rui Vitória veio dizer que espera que esta história acabe com a renovação do sub-capitão da equipa. O jogador sempre deu a entender o mesmo, que queria continuar no clube. Com este arrastar de tempo, é normal que tanto o jogador como o seu empresário tentem jogar ainda mais com as “suas armas” e fazer render tudo o que puderem para o seu lado. É aqui que entra o empresário Paco Casal. Este senhor já desviou um jogador que estava no Benfica e depois assinou pelo Porto, e que na anterior renovação fez com que o Benfica tivesse de comprar um pack de 5 jogadores uruguaios, em que nenhum se aproveitou e que muito prejuízo deu. Muito por causa dele, esta renovação ainda não se concretizou. Estando o jogador uruguaio na Copa América as coisas complicam-se ainda mais.

 

Muito do que está a ser jogado nesta altura é a questão de Maxi sair para um grande rival em Portugal e Paco Casal tem usado isso como argumento a seu favor. O jogador do Benfica disse tanto na entrevista ao jornal A Bola como à BTV, que não se vê a jogar por outro clube em Portugal, mas que nunca se sabe o que pode acontecer no futuro. Maxi deixa uma porta aberta para o que pode acontecer, caso não chegue a acordo com o Benfica, porque, como o próprio diz, é profissional e tem de pensar em muitas coisas, além da afinidade pelo clube. O que o Benfica não pode tentar fazer passar para os seus adeptos, é que o jogador disse que não aceitava jogar pelos rivais, porque na entrevista à BTV, gravada bem antes da Copa América começar, eles já sabiam o que ele tinha dito, e que voltou a dizer ao jornal A Bola mais recentemente.

 

Mais uma vez, parece que a estrutura do Benfica não acreditava que Maxi fosse algum dia colocar a hipótese de jogar por um dos rivais em Portugal, mas estavam enganados, assim como aconteceu com Jorge Jesus. Agora, segundo as noticias que têm saído, estão a tentar de tudo para renovar o contrato, colocando valores mais altos em cima da mesa.

 

Continuo a achar que o Benfica deve tentar ao máximo renovar com o jogador uruguaio, pois ainda é um elemento muito importante no plantel, que muito tem rendido nestes últimos anos, mas quero sobretudo ver este assunto rapidamente resolvido, renovando ou não. Deve-lhe ser dado um prazo para ele aceitar ou não a proposta do Benfica, que, aos 31 anos e com os supostos 3 anos propostos no contrato, permitir-lhe-á ficar no clube até aos 34, e com um bom salário, coisa que eventualmente já não irá valer daqui a 3 anos.

 

Dizer também que sou completamente contra o Benfica estar a oferecer mais salário e prémio de assinatura ao Maxi só para evitar que ele vá para um rival, e assim sucumbir perante chantagens, tanto do empresário como possivelmente do jogador. A proposta terá de ser adequada ao rendimento, idade e importância no plantel, e nem mais um cêntimo, pois já será bem alta. Caso não aceite o valor que lhe é oferecido, cada um segue a sua vida e o Benfica continuará e irá procurar um substituto.

 

Este é mais um caso que independentemente do seu desfecho, mostra que o ídolo do adepto deve ser o símbolo que os jogadores trazem ao peito, e que esta nova vaga de adeptos teima em perceber.

 

Ps: Maxi, caso vás embora, quero só agradecer-te pelo que me deste enquanto representaste o Benfica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D