Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Semana das Modalidades

por Miguel Martins, em 29.01.16

 

 

A nossa equipa de Basquetebol, comandada por Carlos Lisboa, conseguiu no Sábado mais uma vitória, desta vez na deslocação à Madeira, onde por 69-88 venceram o CAB Madeira.

 

Com uma entrada forte, o Benfica obteu logo uma vantagem confortável no final do 1º período, vencendo por 13-27. No segundo e terceiro períodos, o jogo foi mais equilibrado, mas com o Benfica a conseguir gerir a vantagem. No 4º período, disparámos novamente no marcador.

 

Os pontos foram apontados por: Cook (25), Radic (17), Tomás Barroso (15), Carlos Andrade (10), Nuno Oliveira (9), Wilson (6), Gentry (4) e Loncovic (2).

 

Destaque para a exibição de Cook que parece voltar a exibir-se a um nível mais próximo do que tem obrigação de fazer. Grande jogo de Tomás Barroso.

 

Sábado, recebemos o Lusitânia às 16h.


 

 

Em Hóquei em Patins tivemos uma difícil e imprópria para cardíacos deslocação a Oliveira de Azeméis, tendo conseguido um empate com sabor a vitória, tanto pela forma como foi obtido como pela exibição que fizemos.

 

Entrámos mal no jogo e as situações de golo para a Oliveirense acumulavam-se, tendo sem qualquer tipo de surpresa a equipa da casa se adiantado no marcador por 1-0 e depois por 2-0. Pedro Nunes mexeu e bem na equipa, colocando Tiago Rafael que trouxe mais serenidade defensiva, ao contrário do seu irmão Diogo que fez uma exibição horrorosa.

 

Num rápido contra ataque, o Benfica reduziu para 2-1 por intermédio de Nicolia, tendo no minuto seguinte beneficiado de um livre direto que Nicolia falhou. Ainda no mesmo minuto, Tiago Rafael viu o cartão azul e a Oliveirense beneficiou de um livre direto que não concretizou - mesmo tendo sido repetido. Ainda assim e mesmo com menos um jogador, o Benfica conseguiu o empate numa brilhante execução de um livre direto de Adroher. Foi com este resultado lisonjeiro para o Benfica que chegámos ao intervalo.

 

No retomar da partida o Benfica entrou melhor, mas contra a corrente do jogo a Oliveirense fez o 3-2 e o 4-2, dispondo ainda de diversas oportunidades e de bolas no ferro para dilatar ainda mais a diferença. O Benfica estava mal no jogo, tanto a defender como a atacar e Pedro Nunes incompreensivelmente não mexia na equipa!

 

Ainda assim, Torra reduziu para 4-3 na transformação de uma grande penalidade e aí a esperança renasceu - apesar da má exibição e falta de criatividade da equipa.

 

O tempo foi-se arrastando e no último minuto numa decisão muito controversa, o árbitro marcou a 10ª falta ao Benfica, quando deveria ter marcado a 15ª falta da Oliveirense. Dispôs desta forma a Oliveirense de uma oportunidade para arrumar definitivamente com o jogo, mas Trabal brilhou e manteve a equipa no jogo. A 2 segundos do fim, Pedro Nunos tirou Trabal e colocou Miguel Rocha que, sem luvas, numa forte stickada fez o 4-4 final, levando à loucura os adeptos presentes.

 

O João Rodrigues faz muita falta, mas o Benfica tem obrigação de jogar mais. Pedro Nunes tem obrigação de rodar mais a equipa.

 

Mantivemos a liderança, agora com 7 pontos de avanço para o segundo e conseguimos dar mais um passo rumo ao título.

 

Uma palavra especial para Carlitos López que continua um jogador brutal, mas que mantém toda a simpatia e simplicidade. Uma referência para todos os amantes da modalidade e em especial dos Benfiquistas que tanto vibraram com ele.

 

Sábado, vamos a Braga, num jogo com início marcado para as 17h.


 

 

Os homens de José Jardim - Voleibol  - receberam e bateram no Sábado o Esmoriz por 3-1 num jogo sólido, pese o 2º set ter sido mau. Os parciais foram 25-15, 21-25, 25-16 e 25-16.

 

Não há muito a dizer sobre este jogo, excetuando o 2º set que perdemos devido a algum relaxamento, mas o Benfica foi sempre mais equipa e venceu com toda a naturalidade.

 

 

Ontem, voltámos a fazer história na Challenge ao batermos o Istambul por 4-0, com parciais de 25-18, 25-21, 25-19 e 15-13 no Golden Set.

 

Depois da derrota por 3-1 na primeira mão e frente a uma equipa de grande nível, só um Benfica perfeito seria capaz de virar completamente a eliminatória. Expressar por palavras o que lograram obter é muito difícil, porque acho que ainda nem temos bem noção do que acabámos de fazer.

 

O Istambul é uma equipa com um serviço poderosíssimo e se na primeira mão conseguiram fazer a diferença por aí, ontem não. E não o conseguiram porque tivemos um libero absolutamente fabuloso - Ivo Casas - que conseguiu receber sempre bem, facilitando e muito a distribuição a Renan.

 

Depois, a raça do Roberto, a liderança do Hugo, a frieza do Kolev, a tranquilidade do Zelão e do Duff e a distribuição do Renan fizeram o resto.

 

Uma palavra ainda para o nosso técnico que acompanha todo o jogo na lateral como se fosse mais um jogador na quadra. Ele salta, corre, baixa-se, festeja, sorri, dá ânimo, acalma a equipa. Enfim, José Jardim é Benfica!

 

E sabendo que é difícil, mas não impossível, porque com estes jogadores não há impossíveis, tragam lá a Taça.

 

Sábado, vamos a Guimarães jogar às 16h30 e Domingo às Caldas da Rainha às 17h.


 

 

No Sábado, a nossa equipa de andebol foi à Madeira e bateu o Madeira SAD por 28-31. Num jogo equilibrado, o Benfica venceu fruto de uma segunda parte bem melhor do que a primeira, pois ao intervalo íamos perdendo por 18-16.

 

Foi uma vitória muito importante para conseguirmos assegurar o 2º lugar da fase regular.

 

Os golos foram apontados por: Uelington (6), João Pais (6), Davide Carvalho (4), Belone (4), Tiago Pereira (3), Borragán (2), Hugo Lima (2), Tiago Ferro (2), Cavalcanti (1) e Augusto Aranda (1)

 

Destaque para a exibição de Mitrevski que mostrou as credenciais que levaram o Benfica a partir para a sua contratação.

 

 

Ontem, o Benfica recebeu e bateu ontem o Sp. da Horta por 38-27.

 

Entrámos mal, com uma defesa muito passiva, um ataque previsível e com falhas técnicas durante os primeiros 15 minutos, onde durante esse tempo o Sporting da Horta conseguiu equilibrar o jogo. No entanto, após termos passado a assumir a liderança no marcador, estabilizámos e nunca mais tivemos grandes problemas durante o jogo. Ao intervalo já íamos vencendo por 18-15.

 

Na segunda parte fomos gerindo o jogo e rodando a equipa, pois Sábado voltamos a jogar, desta vez para a Taça de Portugal frente ao Benavente às 18h.

 

Os golos foram marcados por: Belone Moreira (6), João Pais (6), Davide Carvalho (5), Tiago Pereira (4), Uelington (4), Alexandre Cavalcanti (3), Borragán (3), Vrgoc (3), Ales Silva (2), Tiago Ferro (1) e Augusto Aranda (1).

 

Destaque para as boas exibições dos nossos pontas que tanto têm sido criticados - João Pais e Davide Carvalho - e para a eficácia de Mitrevski que voltou a exibir-se a bom nível.


 

Realce ainda para o que foi conquistado no Atletismo este fim-de-semana.

 

O Benfica sagrou-se no Sábado Tetracampeão Masculino de estrada e Tricampeão em Femininos. Um feito brutal. Se em Femininos éramos favoritos, o mesmo já não pode ser dito na variante masculina, onde contávamos com diversas ausências de peso. Estão de Parabéns!!

 

E porque o Benfica é mais do que futebol, tudo aos pavilhões!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:24








Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D