Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Análise a Luka Jović

por P1nheir8, em 01.02.16

 

Hoje foi dia do Benfica anunciar mais uma contratação. Luka Jović, jovem avançado sérvio de 18 anos, chega no último dia do mercado, proveniente do Estrela Vermelha. Luka, é filho de um antigo jogador sérvio - Milan Jović - e tem dupla nacionalidade, pois apesar de representar a Sérvia, nasceu em Bijeljina, na Bósnia e Herzegovina. Desde cedo começou a dar nas vistas, sendo num dos jogos onde brilhou que, Toma Milićević, olheiro do Estrela Vermelha, o convidou a fazer testes no clube sérvio. Quando já jogava pelo clube, o seu pai tentou que ele fosse para o FK Partizan - clube que ofereceu a Luka e ao pai uma boa quantia em dinheiro -, mas o jogador insistiu em ficar no Estrela Vermelha.

 

Desde que começou a brilhar, o avançado tem sido alvo de várias comparações, sendo unanimemente considerado o maior talento da formação do Estrela Vermelha. Internamente, foi muitas vezes comparado a Darko Pančev, avançado sérvio que entre 1988 e 1992, marcou 84 golos em 91 jogos pelo clube, saindo depois para o Inter de Milão. O seu grande ídolo é Radamel Falcao Garcia, sendo que muitas vezes é também equiparado a ele na sua forma de jogar. Quebrou vários recordes no Estrela Vermelha, como por exemplo no dia 28 de Maio de 2014, onde passou a ser o jogador mais jovem do clube a marcar um golo num jogo oficial, quando fez o gosto ao pé dois minutos depois de entrar em campo - no seu primeiro jogo pelo clube -, quebrando assim, aos 16 anos e 5 meses, o recorde de Dejan Stanković. Foi também o jogador mais novo do Estrela Vermelha a jogar o Derby Eterno, quando a 18 de Outubro de 2014 defrontou o FK Partizan. 

 

Como já disse, estreou-se em Maio de 2014 pela equipa sénior, tendo sido esse o único jogo que fez nessa época. No ano seguinte, fez 24 jogos pelo clube, marcando 6 golos e fazendo 2 assistências. Não foi um titular absoluto, alternando muitas vezes entre o banco de suplentes e a titularidade, sendo que mais para o fim da época já conseguir fazer muitos jogos a titular, o que abria boas perspectivas para o ano seguinte. Esta época, leva praticamente os mesmos números, já que com 23 jogos realizados, tem 6 golos e duas assistências. Começou bem a época, mas depois perdeu muito espaço para Hugo Vieira e deixou de ser titular, jogando poucos minutos. Quando conseguiu a titularidade em alguns jogos, jogou mais descaído para uma das alas. Como falei na análise ao Ivan Šaponjić, os dois agora jogadores do Benfica, têm feito uma dupla infernal nas selecções mais jovens da Sérvia. Luka, tem deixado a sua marca nas balizas adversárias em todos os escalões. Já é internacional Sub 21, tendo-se estreado a 13 de Novembro de 2015.

 

Luka Jović é um avançado bastante completo, e que pode dar muito ao jogo da sua equipa. Capaz de jogar em ataque rápido - onde é muito perigoso - ou mais em posse, também pode jogar nas alas como falso extremo, partindo muitas vezes para dentro, mas é ao meio, na frente de ataque, que mais rende. Dá toda a ideia que se sente mais confortável a jogar com um parceiro ao lado, num sistema de jogo com dois avançados, onde faz bem o elo de ligação entre o meio-campo e o ataque. Procura os diversos espaços para receber, movimentando-se bem, atacando depois as zonas de finalização - onde é também forte. Não precisa de pensar muito o jogo, pois ao longo do tempo que está em campo vai percebendo tudo o que se passa ao seu redor, mas depois mostra alguma lentidão a executar o que pensou. Apesar do seu pé mais forte ser o direito, não tem problemas em usar o esquerdo, quer para passar ou finalizar.

 

Tecnicamente não mostra dificuldades, quer ao nível do controlo de bola, drible ou passe - quer curto ou longo, coloca bem a bola nos colegas e no tempo certo. É forte no um para um, principalmente quando servido em velocidade, sendo muito difícil de travar. Não é muito alto, mas tem um bom jogo de cabeça e boa impulsão. É um jogador que na área também se movimenta bem, mostrando bom instinto goleador. Quando é a única referência ofensiva, demonstra algumas dificuldades em estar sempre no jogo e se ver livre das marcações adversárias. É um jogador bastante ágil e com um bom poder de aceleração, mas ainda precisa de evoluir noutras questões físicas, já que perde muitos lances por não saber usar o corpo, permitindo antecipações aos defesas. 

 

 

 

Iniciar o movimento em profundidade, mas vir depois atrás, para receber e entregar ao lateral.

 

 

Movimento na área e depois entregar de cabeça ao colega de primeira. Pena que saiu mal.

 

 

Mais um movimento na área, e depois mesmo em posição complicada, consegue cabecear a bola com perigo.

 

 

Finalizar a jogada à boca da baliza, fazendo logo o movimento para o primeiro poste na altura do cruzamento.

 

 

Rápido a iniciar a movimentação para receber a bola, mas depois o passe final é interceptado.

 

 

Bem a baixar e a fechar o flanco.

 

 

Procurar a tabela com o colega e depois excelente passe a desmarcar Hugo Vieira.

 

 

Mais um excelente passe.

 

 

Boa técnica a tirar o adversário, entregando depois a um colega de equipa - passe curto e longo.

 

 

Diagonal nas costas da defesa em profundidade, mas o remate é depois cortado. 

 

 

Bem a movimentar-se na área e por pouco não marca.

 

 

Mais um movimento em diagonal, mas depois perde o lance.

 

 

Rápido a conduzir a bola em direcção à baliza, rematando depois forte para uma excelente defesa do guarda-redes.

 

 

Vir receber e depois entregar ao colega de equipa.

 

 

Deixar passar a bola, fazendo logo o movimento para receber na frente. Volta a receber e entrega ao avançado que só tem de finalizar. Foi-lhe assinalado fora de jogo no lance, mas não estava. 

 

 

Recebeu e tentou servir o movimento do avançado. Volta a ter bola, sai com ela no meio de dois adversários e serve muito bem o lateral.

 

 

Considero Luka Jović um enorme talento. Ainda está muito longe do que pode um dia fazer, pois precisa de evoluir em várias vertentes, mas o potencial que tem é muito, sendo um diamante por lapidar. Está, neste momento, menos preparado que Ivan Šaponjić para o futebol sénior, mas vejo muita diferença de talento entre ambos, com Jović a levar a melhor. Provavelmente, vai treinar com a equipa A e jogar pela equipa B, ambientando-se assim ao clube, país e diversos novos factores. Não creio que ainda esta época jogue pela equipa principal, pois a concorrência é fortíssima, mas nunca se sabe. É uma contratação que apoio e vejo com bons olhos, pois agrada-me bastante o jogador. Que consiga potenciar todas as suas qualidades, pois caso isso aconteça, daqui a uns anos pode ser um jogador de enorme gabarito e com muito para dar ao Benfica. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57


5 comentários

De moleculasdeamorpelobenfica a 01.02.2016 às 23:19

Penso que vai evoluir na B tal como o Guzzo, suponho. Aliás neste contexto também não percebo porque o Bilal não joga na B.

De aquaporina a 02.02.2016 às 12:12

O Bilal já fez alguns minutos pela B, mas se é aquilo que ele joga então saiu-nos grande barretada. Além disso, e a avaliar pelas notícias, deve gostar mais de vinho que de jogar à bola.

O Guzzo é um jogador que aprecio, muito inteligente e bom tecnicamente. Tem algumas limitações ao nível defensivo e penso que não dá para jogar como segundo médio no esquema do Benfica. Vamos ver.

De P1nheir8 a 02.02.2016 às 18:50

Eu gosto do Bilal, acho que tem muito potencial e caracteristicas bem interessastes.

Muito rápido, boa técnica, forte com bola e muito desequilibrador. O problema ali é mais a cabeça e as companhias.

Sempre gostei do Guzzo, mas depois existiram ali épocas onde ele não evoluiu e estagnou bastante. Depois com o empréstimo ao Chaves voltou a renascer. Vamos ver o que sai dali.

De RS a 02.02.2016 às 17:52

Se fizer metade pelo Benfica do que aquilo que faz nos saves de Football Manager, só daqui sairá por muitos milhões :P

De P1nheir8 a 02.02.2016 às 18:52

Que não seja é como o Adu. ehehe

Comentar post








Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D