Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Análise a Branimir Kalaica

por P1nheir8, em 20.06.16

 

No passado sábado, o Benfica confirmou oficialmente a contratação de Branimir Kalaica, proveniente do Dinamo Zagreb a custo 0. O jovem defesa central croata chega a Lisboa depois de não ter renovado o vínculo contratual com a sua equipa e assim pôde assinar livremente por qualquer outro clube.

 

Internacional em todos os escalões jovens da Croácia e apontado com uma das maiores promessas do país, Kalaica cedo chegou ao plantel principal do Dinamo Zagreb, tendo sido apenas afastado porque não assinou um novo contrato. Conheci Kalaica no Mundial Sub17 que se disputou no Chile, nos meses de Outubro e Novembro de 2015. Inserido numa selecção com enorme qualidade, onde praticamente os jogadores todos eram provenientes do Dinamo, chegaram aos quartos-de-final, onde depois foram batidos pelo Mali, que foi o finalista vencido. Para além de Kalaica, já vários outros companheiros de selecção foram apontados ao Benfica, como são os casos de Nikola Moro, Davor Lovren ou Josip Brekalo. É normal, são jogadores com enorme potencial, sendo que sou fã incondicional de Brekalo, um jogador com um talento inacreditável e que fez o que quis naquele Mundial, tendo já assinado pelo Wolfsburgo por uma quantia elevada.

 

Kalaica foi titular em todos os jogos desse certame, sendo que no primeiro jogo actuou na posição 6 e só depois é que passou para central. Como já se percebeu pela sua altura, a disputa de lances aéreos é uma das suas principais qualidades. Ainda deu um pequeno pulo nos últimos tempos, o que o vai tornar ainda mais forte nessas disputas. Apesar da altura, pode trabalhar mais o seu jogo de cabeça, já que poderá fazer ainda mais diferença nessa vertente em ambas as partes do campo. Por vezes também facilita e aborda mal esses lances, e acaba por os perder. É muito elegante em campo, e para um defesa central tem uma relação com a bola bastante boa e por isso também é capaz de jogar a médio. Conduz, fixa e entrega bem, quer seja a 3 ou a 30 metros, é bem capaz na vertente do passe. Apesar de poder ser utilizado a médio, é a central que rende mais, não tendo comparação a diferença de qualidade em ambos os lugares.

 

É destro, mas joga confortavelmente do lado direito ou esquerdo do corredor central do eixo defensivo. Não é rápido nem muito ágil, o que torna difícil alguns lances em que tem de ir buscar as bolas nas costas ou arrancar para travar o adversário no 1x1. Não aparenta ter problemas em jogar num bloco mais alto, compensando a falta de velocidade com um bom posicionamento e uma boa leitura de jogo. A sua capacidade posicional é muito boa para alguém tão jovem, colocando também bem os apoios para controlar a profundidade e lendo quando tem de parar para colocar o adversário em posição irregular. Não é um central que precisa de estar sempre agarrado ao avançado, referenciando-se quase sempre pela posição da bola e dos colegas de equipa. Faz bem as contenções e está sempre atento para fazer as coberturas aos colegas. Ganha muitos lances em antecipação e tem um bom tempo de entrada aos lances, mas precisa de ser mais agressivo nas disputas e colocar mais o corpo, já que muitas vezes perde lances para os avançados por facilitar na abordagem.

 

É um jogador bastante concentrado, calmo e tranquilo, raramente se envolvendo em alguma quezília, demonstrando uma enorme serenidade em campo. Também tem perfil de líder e uma personalidade forte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vários lances onde demonstra a boa capacidade de passe e boa relação com a bola.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lances em que se antecipa ou corta.

 

 

 

 

Exemplo da passividade que demonstra em alguns duelos.

 

 

 

 

A boa ajuda que é nos lances aéreos.

 

 

 

 

A forma como está com os apoios e depois trava para deixar ir o avançado para posição irregular.

 

 

 

 

Lance em que é apanhado em 1x2, mas faz a contenção e fecha o espaço interior, aguardando que chegue a ajuda do colega.

 

 

 

 

Leu bem o lance e foi rápido fechar o espaço, interceptando o remate.

 

 

 

 

Das poucas vezes que demonstrou ser mais agressivo nos duelos, conseguindo cortar a bola para fora.

 

 

 

 

Má leitura onde a bola vai cair e depois já não consegue recuperar.

 

 

 

 

Falhou o passe na saída, mas depois reage rápido e corta o lance de seguida.

 

 

 

 

A falta de velocidade e agilidade, tendo depois de fazer falta.

 

 

 

 

Mais baixo que a defesa, tentando depois colocar o adversário em fora de jogo, mas já não vai a tempo.

 

 

Foi uma muito boa oportunidade de negócio por parte do Benfica. Kalaica, apesar de ainda demonstrar algumas fragilidades que se notarão quando jogar num nível sénior, tem potencial e qualidade, podendo crescer ainda mais. Vamos ver como evoluirá e que papel irá ter no Benfica. Precisa de jogar para continuar a evoluir e refinar as qualidades que demonstra e melhorar as fragilidades que ainda tem.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:17


2 comentários

De Rosso a 20.06.2016 às 23:58

Já tinha visto os vídeos e fiquei impressionado com a capacidade técnica e de passe. Fiquei a sonhar com um jogador ao nível do Lindelof. Mas preocupa-me um pouco a componente física. O miúdo é enorme e a este ritmo vai ficar ainda maior, o que só vai piorar a velocidade e a agilidade que já não é grande coisa. Cá em Portugal vai ter um desafio gigante para segurar os avançados adversários, já que o Benfica joga bem subido e a maior parte das equipas ataca-nos no contra ataque. A nível de treino específico o que é recomendável para aumentar a agilidade a destes gigantes? Pilates como complemento ou assim? Na NBA vejo frequentemente nos vídeos das rotinas dos grandes jogadores a complementarem o treino com pilates ou com uns exercícios de alongamentos numas tábuas deslizantes com umas cordas que não sei como se chama, mas deixo aqui os links https://youtu.be/a3xh3_YU22o https://youtu.be/fwgAhXGTI4E

De moleculasdeamorpelobenfica a 21.06.2016 às 10:17

O jogador passa-me muito boas vibes... creio que dentro de 2 anos temos jogadores jovens a comandar a defesa, Lindelof, Lystsov, Dias, Lima, Kalaíca, João Nunes (?), Ferro (?), estou confiante nesta posição! Aguardemos a evolução do César que pode neste ano no Nacional (acho que li isso) crescer de forma decisiva!

Comentar post








Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D