Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Não foi por acaso que a nossa equipa melhorou quando Rui Vitória colocou Pizzi na ala direita - a jogar a 8 num meio-campo a 2 é muito sofrível. A partir desse momento, o nosso jogo ganhou muitas coisas, a ponto de se considerar que o médio português é um dos jogadores mais importantes na nossa equipa. Os seus movimentos interiores, a sua procura pelos espaços entre linhas e as linhas de passe que dá, causam enormes dificuldades aos adversários, pois ganhamos mais um jogador no corredor central e o lateral contrário não sabe que fazer. Como normalmente as permutas nas equipas adversárias não estão bem consolidadas perante isto, estes movimentos têm sido um enorme factor de desequilíbrio a nosso favor. Um lance que comprova isso, é o do segundo golo do Benfica contra o Tondela, onde Pizzi tem uma acção preponderante. Apesar de não ter estado tão bem nos últimos jogos como nos primeiros dois meses de 2016, não é de estranhar que Rui Vitória não abdique da titularidade do número 21 do Benfica naquela posição.

 

 

Ps: Aproveito para dizer que não sei se consigo acabar a análise do jogo contra o Tondela até amanhã, mas no máximo, quinta-feira já estará por cá. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:43


3 comentários

De Anónimo a 15.03.2016 às 22:58

O que disse eu sobre quem era realmente o nosso melhor médio? Pizzi numa mescla de interior direito e médio direito, é fantástico. O segundo golo contra o Tondela, é muito dele, quando faz o desequilíbrio no meio. Fosse Salvio, na mesma situação e não teria tomado a mesma decisão que Pizzi. É um médio, técnico, bom com bola, e muito competente sem ela.

De Nãoestresses a 16.03.2016 às 01:21

Não precisas de estressar, nós esperamos. Temos o ano todo.

De RS a 16.03.2016 às 10:19

Uma grande surpresa para mim, este Pizzi. Boa visão de jogo, muito bom sem bola ofensivamente a partir as defesas todas. Se estamos onde estamos, devemos-lhe muito. Se tivesse a dimensão física de um Salvio (sem as lesões) era uma máquina e já não estava cá.

Comentar post








Sobre nós

Do futebol ao hóquei, do basquetebol ao voleibol, uma visão livre, imparcial e plural do Sport Lisboa e Benfica.



Contacte-nos por e-mail


Licença Creative Commons


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D